Trabalho e sociedade

Exercício 6 : (Enem 2016)

A mundialização introduz o aumento da produtividade do trabalho sem acumulação de capital, justamente pelo caráter divisível da forma técnica molecular-digital do que resulta a permanência da má distribuição da renda: exemplificando mais uma vez, os vendedores de refrigerantes às portas dos estádios viram sua produtividade aumentada graças ao just in time dos fabricantes e distribuidores de bebidas, mas para realizar o valor de tais mercadorias, a forma do trabalho dos vendedores é a mais primitiva. Combinam-se, pois, acumulação molecular-digital com o puro uso da força de trabalho.
OLIVEIRA, F. Crítica à razão dualista e o ornitorrinco. Campinas: Boitempo, 2003.

Os aspectos destacados no texto afetam diretamente questões como emprego e renda, sendo possível explicar essas transformações pelo(a):

A) crise bancária e o fortalecimento do capital industrial.
B) inovação toyotista e a regularização do trabalho formal.
C) impacto da tecnologia e as modificações na estrutura produtiva.
D) emergência da globalização e a expansão do setor secundário.
E) diminuição do tempo de trabalho e a necessidade de diploma superior.

Eu achava que era B mas a certa no gabarito é a C,pode me explicar pq é a C?

Oi Lucas! :smiling_face_with_three_hearts:
Realmente o texto descreve um processo de produção típico do toytismo, mas nada sobre regularização formal do trabalho ( olha o pega ratão! :mouse: ) então seria a modificação na estrutura produtiva.
Outro ponto do texto é sobre a má distribuição de renda, lá na terceira linha, mostrando um impacto dessa tecnologia.
Espero ter ajudado, boa sorte nos vestibulares!!! :heart:

1 curtida