Por que a letra b) na primeira parte do movimento não seria uma parábola?

Para melhorar a mobilidade urbana na rede metroviária é necessário minimizar o tempo entre estações. Para isso a administração do metrô de uma grande cidade adotou o seguinte procedimento entre duas estações: a locomotiva parte do repouso com aceleração constante por um terço do tempo de percurso, mantém a velocidade constante por outro terço e reduz sua velocidade com desaceleração constante no trecho final, até parar.

Qual é o gráfico de posição (eixo vertical) em função do tempo (eixo horizontal) que representa o movimento desse trem?

Compreendi o porquê das outras alternativas, porém na b) não entendi porque o começo não seria uma parábola, já que tem a forma de uma.

image

Oi Mylena.

Eu acho que a gente pode interpretar esse primeiro segmento do gráfico de dois jeitos:

  1. Acho que você pode dizer que tem uma parábola no primeiro segmento sim, com coeficiente a baixo, o que torna a parábola bem “aberta”.

  2. Mas também dá pra dizer que ele só tem aceleração no comecinho do primeiro segmento, depois deixa de ser uma parábola e se torna uma reta (vira uma equação de primeiro grau / movimento uniforme).

O primeiro segmento dessa alternativa deixa meio ambíguo mesmo. O que torna a alternativa errada é o terceiro segmento do gráfico.

Ahhh sim, entendi. Não havia me tocado quanto ao ponto 2. Muito obrigada, Rafael! :slight_smile:

1 curtida