Física- Lançamento. Obliquo/ Vertical

Num certo jogo de futebol, após a cobrança de um pênalti, a bola “carimba” a trave da goleira e sobe verticalmente, com velocidade de 30 m/s. Sabe-se que a altura da trave, em relação ao gramado é de aproximadamente 2,5 m. Se não houvesse resistência do ar, qual seria a altura que a bola iria atingir em relação ao gramado?

Gente, alguém poderia me ajudar por favor?
Não entendi em que momento da questão fica explícita a necessidade de somar com a altura da trave, pq, de qualquer forma, considerando só a primeira parte do movimento (L. vert), com essa velocidade que a bola atingiu já estava levando em consideração o solo, não? Imaginei essa distância encontrada pela equação como a distância entre o solo e a altura máxima… mas pela resolução da questão é a distância da trave até a altura máxima… Alguém saberia me explicar pq a equação só serviu para esse momento?

Oi Jessica, tudo bem?

A fórmula de Torricelli é essa V² = Vo² + 2aΔS.

No lançamento vertical, a gente sabe que a altura máxima é dada quando a velocidade é igual a 0.
O Vo foi dado pelo exercício, e a aceleração é da gravidade, portanto 10m/s²

O que essa resolução fez foi transformar o ΔS em d.
Quando na realidade, o que ele calculou ai foi a variação do espaço percorrido pelo corpo, por isso que no final teve que adicionar a altura da trave. Essa bola poderia ter ricocheteado da cara de um jogador de 1,5m, do refletor do estádio a 30m de altura, etc. Se a velocidade inicial fosse a mesma, a variação do espaço também seria a mesma (45m). Mas a altura máxima mudaria, pois você teria que somar a altura inicial da qual esse movimento partiu.

Se você quiser fazer a questão de forma que chegue na altura final logo de cara, sem precisar somar, você precisa colocar o So correto na fórmula. O So de 2,5m
V² = Vo² + 2aΔS
0 = 30² -2x10x(Sf-2,5)
-900 = -20Sf +50
20Sf = 950
Sf = 47,5m

Qualquer dúvida é só perguntar!

1 curtida